Licitações para aquisições de equipamentos destinados ao Hospital Raul Sertã acontecem em abril

Publicado em 15 março de 2019
 
(http://twitter NULL.com/share)

O investimento será de R$ 10 milhões, repassados pelo Ministério da Saúde

A Prefeitura de Nova Friburgo já agendou quatro das sete licitações que serão realizadas para aquisição de equipamentos que vão equipar e modernizar o Hospital Municipal Raul Sertã. Os recursos para concretização destas compras, no montante de R$ 10 milhões, são provenientes do Ministério da Saúde e foram repassados ao Município por meio de transferência voluntária.
Buscando maior agilidade na conclusão das compras, a Prefeitura de Nova Friburgo, por meio da Secretaria de Saúde, instaurou sete processos distintos separando os 594 itens por categorias, subdivididas entre equipamentos médicos de baixa, média e alta complexidade, mobiliário, eletrônicos, mobília e equipamentos de informática. Todos os processos foram abertos em outubro passado e as primeiras licitações, na modalidade pregão, acontecem em abril.

O cronograma começa no dia 01, com a compra dos equipamentos de média complexidade, como monitores médicos, no valor total de R$ 3.935.352,21. No dia 05 de abril, será a escolha da empresa que vai fornecer os equipamentos de alta complexidade, como ultrassom diagnóstico, arco cirúrgico e sistema de vídeolaparoscopia/ endoscopia, cujo total é de R$ 4.143.228,66. O certame para aquisição de móveis de escritório está estimado inicialmente em R$ 25.077,36 e acontece em 09 de abril. No final do próximo mês, em 25 de abril, a Prefeitura realiza a licitação dos equipamentos de baixa complexidade, entre eles, laringoscópios infantis e adultos. O teto deste pregão é de R$ 304.248,09.

Os outros três processos estão terminando o fluxo de tramitação interna para que possam ter as datas das suas respectivas licitações definidas. Segundo a secretária de Saúde, Tânia Trilha, ” por tratarem de equipamentos com inúmeras singularidades técnicas, todas as requisições e cotações dos processos foram elaboradas com responsabilidade e cuidado, seguindo expressamente as cláusulas do repasse do Ministério. Esse material ainda foi analisado internamente na Prefeitura por outros cinco setores (Secretaria de Infraestrutura e Logística, Gabinete, Controle Interno, Procuradoria e Finanças). Esse trâmite é longo mas garante que as licitações sejam mais eficazes”.

Quando o Ministério da Saúde repassa verbas com finalidade exclusiva ao Município, os fundos são depositados numa conta bancária específica. Desde a efetivação da transferência até hoje, o saldo teve atualizações monetárias de quase um milhão e meio. Atualmente ele está em R$ 11.424.263,20.