Nova Friburgo realiza campanha de prevenção à Sífilis

Publicado em 11 outubro de 2018
 
(http://twitter NULL.com/share)

                                                       A testagem rápida acontece em diversos locais e dias. Confira na matéria.

A Secretaria de Saúde de Nova Friburgo, por meio do Programa Municipal de IST/AIDS e Hepatites Virais, realiza a Campanha Municipal de Prevenção à Sífilis e Sífilis Congênita, entre os dias 15 e 19 de outubro de 2018. O objetivo é conscientizar a população em geral, com ênfase nas gestantes, sobre a importância da prevenção no combate à disseminação da sífilis e da sífilis congênita. Em paralelo, serão oferecidos testes rápidos de triagem para a doença no Posto de Saúde Sylvio Henrique Braune e estratégias de Saúde da Família de Olaria II e Centenário.

A campanha é voltada à população em geral, mas vai focar ações específicas em populações mais vulneráveis à infecção e reforçar as orientação junto aos profissionais de Saúde para promover a interrupção da cadeia de transmissão das infecções sexualmente transmissíveis.

A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível (IST) de caráter sistêmico, causada pelo Treponema pallidum, exclusiva do ser humano, e que, quando não tratada precocemente, pode evoluir para uma enfermidade crônica.

Desconhecendo seu status sorológico, a pessoa com sífilis pode se tornar um vetor involuntário. Sendo assim, o conhecimento dessa informação pode desencadear ações de tratamento e seguimento do agravo, promovendo a quebra da cadeia de transmissão da infecção de milhares de pessoas.

Além disso, gestantes com sífilis não tratadas podem transmitir a doença para seus bebês, que têm o risco de nascer com problemas de audição, visão e outras alterações graves de sistema nervoso central, a chamada SÍFILIS CONGÊNITA. É fundamental que o parceiro também se previna, participe do pré-natal, faça o teste e, em caso de resultado positivo, inicie o tratamento imediatamente. Só assim é possível evitar uma nova infecção e garantir a saúde do bebê.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o Rio de Janeiro é o estado do Sudeste que possui as maiores taxas de sífilis adquirida, sífilis em gestante e sífilis congênita, o que justifica qualquer ação que venha contribuir para a interrupção da cadeia de transmissão do agravo.

A testagem rápida acontece nos seguintes locais e dias:

POLICENTRO

15/10 : 13 às 16:306

16/10 : 8:00 às 11:30 e 13:00 às 16:30

17/10 : 13 às 16:30

18/10 : 8:00 às 11:30 e 13:00 às 16:30

19/10 : 8:00 às 11:30

ESF CENTENÁRIO

· 18/10 : 9:00 às 16:00

ESF OLARIA II

· 16/10 : 9:00 às 16:00