Assistência Social da Prefeitura reúne equipe para debater sobre a pasta

Publicado em 10 setembro de 2018
 
(http://twitter NULL.com/share)

a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Nova Friburgo realizou uma reunião com os integrantes da pasta para realizar um balanço de todos os trabalhos feitos nos últimos dias

Na última semana, na quinta-feira, 06, a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Nova Friburgo realizou uma reunião com os integrantes da pasta para realizar um balanço de todos os trabalhos feitos nos últimos 90 dias, período este no qual a atual secretária, Emmanuele Mendonça, assumiu a secretaria. Outros assuntos, como o funcionamento da gestão, dos equipamentos e programas disponibilizados pela secretaria, e a importância da organização administrativa, também foram abordados.

Diversas ações foram realizadas pela Secretaria de Assistência Social. Foram elas: 14 mil famílias estão cadastradas no CadÚnico, total de 37 mil pessoas e, hoje, 894 famílias do meio rural; 954 idosos/deficientes estão cadastrados no BPC (Benefício de Prestação Continuada); Plano de Ação foi finalizado e aprovado pelo Conselho Municipal de Assistência Social; a equipe do CRAS de Conselheiro Paulino foi ampliada para melhor atender a demanda; uma equipe volante foi formada para atender a localidade de Terra Nova; o programa de Erradicação do Trabalho Infantil foi reestruturado; reestruturação do Centro de Convivência do Idoso; adesão a estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa; adesão ao Acessuas (Programa Nacional de Promoção de Acesso ao Mundo do Trabalho), ao Plano Progredir e ao projeto Jovem Alerta; reorganização do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos; reestruturação da equipe e espaço físico da casa de acolhimento institucional Vila Sorriso; retomada do diálogo entre as instituições parceiras; e ampliação das parcerias empresariais por meio do SINE (Balcão de Emprego).

Emmanuele disse que a intenção foi passar as informações relacionadas à secretaria e falar sobre as dúvidas que os servidores tem com relação a gestão, enfatizando a relevância do trabalho executado em agrupamento. “Nós demos voz aos servidores da Assistência. A gestão é porta aberta e já conseguimos gerar uma parceria entre as equipes que estão dentro dos equipamentos. E, no fim das contas, os números são da assistência social, não de um gestor ou só de uma equipe, é do trabalho em conjunto. Os resultados positivos são fruto do trabalho multidisciplinar, intersetorial e integrativo.”