“Ser diferente, ser igual”: UFRJ realiza aula inaugural de curso EAD

Publicado em 6 Abril de 2018
 
(http://twitter NULL.com/share)

Professores da rede municipal de ensino participaram nessa sexta-feira, 06, da aula inaugural do curso de formação EAD (ensino a distância) “Ser diferente, ser igual”, ministrado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Polo Cederj de Nova Friburgo.

.

Serão cinco encontros presenciais ao longo dos próximos meses. A aula inaugural permitiu a apresentação da plataforma on-line para a realização do curso que terminará em outubro e a troca de informações entre os participantes e realizadores do curso. O objetivo da formação é direcionar o debate contra o bullying e todos os tipos de preconceito: religioso, sexual, estético etc., para que os professores sejam multiplicadores das informações dentro das unidades escolares.

Nova Friburgo é um dos cinco municípios do estado, além da capital carioca, a receber a formação. O primeiro encontro contou com a presença da professora Carla Dias, coordenadora do projeto e superintendente da pró-reitoria da UFRJ; do sociólogo Murilo Peixoto da Mota, professor conteudista do curso; do pedagogo Higor Linhares, também professor conteudista do curso; e Márcia Malaquias, responsável pela articulação com o município e supervisora do polo de Nova Friburgo.

Segundo Carla Dias, a proposta é elaborar um projeto que envolva toda a comunidade escolar e que seja voltado à questão da violência sob suas várias formas. Para a coordenadora, a universidade tem uma função social e ela não é a única detentora do conhecimento. “A gente veio aprender também”, afirmou, ressaltando a necessidade da troca, do diálogo e da construção coletiva do projeto final, lembrando que os conflitos se condensam no ambiente esolcar.

A subsecretária pedagógica da Secretaria de Educação, Patrícia Azevedo, falou da sua satisfação em participar da formação e da importância de serem todos multiplicadores. “A sala de aula é muito diversa e é preciso ter conhecimento para lidar com as diferenças”, explicou.

O curso é uma ação de formação continuada decorrente de parceria entre a UFRJ e a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e inclusão (SECADI) do Ministério da Educação (MEC).