Prefeitura fecha o cerco contra venda de bebidas alcoólicas a menores

Publicado em 8 Abril de 2018
 
(http://twitter NULL.com/share)

Operação iniciada na última sexta, 06, pela Secretaria de Política sobre Drogas registra saldo positivo

Todo fim de semana, o cenário se repete. À noite, aqueles que querem se divertir tomam conta das ruas e lotam os bares da cidade. Entretanto, surge um grande problema quando parte dessas pessoas é menor de idade e consome álcool e também entorpecentes sem o mínimo pudor. E para bater de frente com essa realidade cada vez mais freqüente, a Prefeitura de Nova Friburgo, por meio da Secretaria de Política sobre Drogas, deu início na última sexta, 06, a uma operação que, em seu primeiro dia de atuação, já teve resultados muito positivos.

.

Policiais infiltrados ficaram distribuídos em cinco pontos considerados mais críticos do Centro da cidade para dar o flagrante, entre eles a Rua Monte Líbano e a Praça Getúlio Vargas, no Centro. Nove menores foram encontrados utilizando ou portando substâncias ilícitas e tiveram os responsáveis acionados para serem liberados. Além disso, três bares foram fechados por apresentarem irregularidades no Alvará de Funcionamento ou pela falta dele.

“Esta atuação é fruto de um planejamento que vem, cuidadosamente, sendo feito pela Municipalidade há cerca de quatro meses. Recebemos muitas denúncias de vendas e consumo desses produtos pelos nossos adolescentes e não vamos medir esforços para coibir essa prática”, destacou o secretário da pasta, Daniel Laje.

O trabalho contou com o apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal, Departamento de Posturas, Conselho Tutelar, Centro de Referência em Assistência Social – Creas, Vara da Infância e Adolescência e Ministério Público. Para Marcos Machado, pai de um dos jovens abordados na operação, a ação é exemplar e vai ao encontro com os princípios passados ao filho pela família.

“Nós, como pais, nos esmeramos em dar a ele uma boa educação, e por isso levamos um susto quando fomos acionados para vir buscá-lo. Mas enxergamos a ação com muito bons olhos, pois nos serviu de alerta em relação às amizades dele. Vamos ficar mais atentos”, disse.

De acordo com a Promotora de Justiça, Simone Gomes, que também participou da ação, ela tem caráter inibitório e é uma prova de que os poderes não estão de olhos fechados para o que está acontecendo na cidade.

.

“A forma como está acontecendo essa relação dos jovens com o uso dessas substâncias é abusiva e coloca a vida deles em risco, em especial pelo contato que eles passam a ter com tráfico. Preservar a integridade deles é uma responsabilidade dos pais e também do Estado”, frisou.

A dona de casa Zenilda Neves, estava em um dos bares com o marido e os três filhos (dois menores) e aprovou o que viu.

“Achamos ótima essa iniciativa, porque está demais, os jovens estão se perdendo com o uso de bebidas e drogas. É preciso que ações como esta aconteçam para frear essa dura realidade”, disse.

.

POLÍTICAS SOBRE DROGAS – A política anti-drogas implantada em Nova Friburgo está baseada no Plano Nacional Sobre Drogas, que recomenda a atuação em um sistema de três eixos: prevenção, acolhimento e a reinserção. A agenda de prevenção inclui a realização de palestras em escolas e associações de moradores. Informações educativas para os jovens e orientações para os pais observarem mudanças no comportamento dos filhos são repassadas mensalmente em stands montados pela equipe da secretaria em praças e locais públicos da cidade. Entre os membros desse grupo estão um psicólogo e uma pedagoga. O segundo eixo, acolhimento, disponibiliza atendimento psicológico para o usuários e familiares, além de tratamento em grupos de ajuda, acompanhamento no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) ou entidades parceiras como o Narcóticos Anónimos e Nar-Anon.

Por fim, o terceiro eixo atua na reinserção do usuário, como a atividade realizada toda terça-feira no Degase (Departamento Geral de Ações Socioeducativas), que leva um profissional de Educação Física para envolver os jovens acautelados com o esporte, desenvolvendo a socialização, a disciplina e valores.