Alunos da EJA abraçam programa de educação ambiental

Publicado em 1 novembro de 2017
 
(http://twitter NULL.com/share)

Os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) das escolas municipais de Nova Friburgo participaram de palestras sobre reaproveitamento de resíduos, capacitação profissional e mercado de trabalho. As turmas da EJA foram atendidas com a novidade durante todo o mês de outubro de 2017.

A iniciativa é das secretaria​s​ de Educação e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável – esta última, que desenvolve o programa de educação ambiental Educando Verde. Com a proposta de conscientizar os alunos da rede pública municipal para a coleta seletiva e a prática do reaproveitamento de resíduos sólidos, quatro pólos da EJA foram incluídos para receber as palestras do SISU (Sistema Integrado de Sustentabilidade Urbana), que amplia o compromisso no sentido de formar cooperativas de catadores.
As palestras foram proferidas pela gerente de desenvolvimento urbano sustentável da Secretaria de Meio Ambiente, Dalva Brust, em 22 escolas que integram os pólos do Centro de Convivência, ​ ​escolas​​ ​m​unicipais​​ ​Dermeval Barbosa Moreira​ ​e Hermínia​ ​da​​ ​Silva Condack,​ ​​e ​Colégio Municipal Rui Barbosa​.​
Cada pólo reuniu alunos que estudam na unidade com EJA mais próxima. Ao todo, 840 estudantes participaram das palestras que atendem ainda à meta 10 do Plano Municipal de Educação, integrando o ensino profissionalizante às turmas de jovens e adultos.

Durante os encontros, que aconteceram às quartas-feiras, os estudantes e toda comunidade escolar puderam conhecer mais sobre a confecção de artesanato utilizando materiais reciclados, sobre beneficiamento industrial para produção de mobiliário e compostagem de resíduos orgânicos. Essas informações descortinaram novas oportunidades de geração de renda para os alunos.

As próximas etapas do SISU oferecer
​ão​ aulas práticas e curso de qualificação profissional para tratamento de resíduos sólidos, dentro das normas técnicas, aos alunos que desejarem formar cooperativas ou associações de catadores.