Prefeitura celebra Dia da Espanha na Praça das Colônias, no Suspiro

Publicado em 12 outubro de 2017
 
(http://twitter NULL.com/share)
Foto - Jo_o Luccas Oliveira (4)

A homenageada do dia foi a colônia espanhola e seus descendentes

Homenagem à colônia européia reuniu autoridades municipais e representantes das colônias

A manhã desta quinta, 12, feriado do Dia das Crianças e também Dia Nacional da Espanha, foi dedicada a homenagear a cultura espanhola, que teve expressiva participação na colonização de Nova Friburgo. O evento foi realizado na Praça das Colônias, no Suspiro, e contou com a participação do prefeito Renato Bravo, secretários municipais, vereadores e representantes das dez colônias friburguenses.

Foto - Jo_o Luccas Oliveira (5)

Além do prefeito Renato Brava, secretários e vereadores participaram da cerimônia

Na ocasião, foram executados os hinos Nacional, da Espanha e de Nova Friburgo, assim como também foram hasteadas suas respectivas bandeiras e das demais nacionalidades que participaram da colonização friburguense.

“Esse é um momento muito especial porque a Espanha e também as outras nações colonizadoras de Nova Friburgo tiveram um papel muito importante na história do município. Por isso, somos a cidade de todos os povos. E em todas as datas especiais fazemos questão de estar presente em praça pública para hastear as bandeiras, que são, sem sombras de dúvidas, o marco principal de uma nação”, declarou o chefe do Executivo, Renato Bravo.

Foto - Jo_o Luccas Oliveira (1)

O prefeito discursou sobre a importância dos colonizadores para o município

O presidente da colônia espanhola e também da Associação das Colônias Friburguenses (Ascofri), Alex Alfaya, destacou o trabalho desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, de difusão da cultura das nações colonizadoras entre os alunos.

“Os espanhóis representam aproximadamente quatro por cento da população friburguense. Cerca de 8 mil descendentes estão presentes nos setores da indústria, turismo e gastronomia da cidade. E a valorização das colônias está diretamente relacionada ao avanço do município e do país. Um país sem história se perde, não avança”.