Colégio municipalizado no bairro Cascatinha ganhará horta comunitária, que será cultivada por alunos da unidade

Publicado em 14 julho de 2017
 
(http://twitter NULL.com/share)

O Colégio Estadual Municipalizado Amâncio de Azevedo, no bairro Cascatinha, ganhará em breve uma horta comunitária que servirá para a conscientização das crianças acerca de temas relacionados ao meio ambiente e cidadania. A iniciativa conta com parceria do Rotary Club, que dá todo o suporte necessário para a realização do projeto. Para preparar o espaço onde será instalada a horta comunitária, a Subprefeitura de Olaria se dedicou durante toda esta semana à limpeza e retirada de entulhos da escola. Foram pelo menos cinco caminhões retirados da unidade, que está prontinha para iniciar o plantio da horta comunitária.

A Subprefeitura de Olaria se dedicou durante toda esta semana à limpeza e retirada de entulhos da escola

A Subprefeitura de Olaria se dedicou durante toda esta semana à limpeza e retirada de entulhos da escola

“No segundo semestre vamos iniciar o plantio com os alunos da escola. Mas eles não irão apenas plantar, vão fazer todo o monitoramento da horta. Nosso objetivo principal é proporcionar o conhecimento e a conscientização acerca de temas relacionados ao meio ambiente e cidadania, desenvolvendo atitudes para a preservação e o desenvolvimento sustentável”, afirmou a diretora do Colégio Estadual Municipalizado Amâncio de Azevedo, Cláudia de Lima Andrade.

Ainda de acordo com a diretora da unidade, apesar de pequena a horta comunitária terá um papel muito importante na educação ambiental das crianças e, se possível, também atuará de forma social na localidade, atendendo moradores mais carentes da comunidade.

“Sustentabilidade é a nossa base. Esse plantio vai servir inicialmente para a merenda das crianças. Em um segundo momento queremos que a comunidade também possa usufruir da nossa horta, principalmente os mais necessitados. Aos poucos vamos ampliando e melhorando a formação e conscientização dos alunos e da comunidade no entorno da escola”, explicou a diretora Cláudia de Lima Andrade.