Mais de R$ 250 mil em medicamentos perdidos no Hospital Raul Sertã são devolvidos ao almoxarifado central

Publicado em 20 abril de 2017
 
(http://twitter NULL.com/share)

Ação inédita da Secretaria Municipal de Saúde garante total controle do setor de distribuição de medicamentos

A devolução dos remédios representa enorme economia aos cofres públicos, pois, pela total desorganização, poderiam ter sido desperdiçados, obrigando à nova compra pela municipalidade

A devolução dos remédios representa enorme economia aos cofres públicos, pois, pela total desorganização, poderiam ter sido desperdiçados, obrigando à nova compra pela municipalidade

Conforme divulgado no último dia 11 de abril no blog e no site oficial da Prefeitura, uma minuciosa auditoria realizada pela Secretaria Municipal de Saúde, através do Comitê de Gestão, sobre a dispensação de medicamentos nos diversos setores do Hospital Municipal Raul Sertã, identificou graves problemas que geram gastos desnecessários à pasta, desorganização e total falta de controle do estoque.

Após esse rigoroso processo, que também contou com incursões em todos os setores da unidade, a Secretaria Municipal de Saúde devolveu ao almoxarifado central todos os medicamentos encontrados em diversos setores do Hospital Municipal Raul Sertã. Todos eles, que aparecem nas fotos que acompanham esta matéria, estavam literalmente espalhados e desorganizados no hospital e representam mais de R$ 250 mil em medicamentos essenciais.

A devolução dos remédios representa enorme economia aos cofres públicos, pois, pela total desorganização, poderiam ter sido desperdiçados, obrigando à nova compra pela municipalidade. A partir de agora, a Secretaria Municipal de Saúde tem total controle do que entra e sai do almoxarifado central, possibilitando que os medicamentos sejam distribuídos aos setores certos e garantindo o retorno do excedente ao almoxarifado central, de forma a evitar perda do prazo de validade dos medicamentos e uma expressiva economia aos cofres públicos, já que não será mais necessário comprar medicamentos desnecessariamente por conta da falta de gestão e controle do estoque.

Sanado este antigo problema existente no Hospital Municipal Raul Sertã, o Comitê de Gestão da Saúde pretende fazer diversas incursões com o mesmo objetivo em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, a fim de garantir total controle e gestão plena da saúde pública de Nova Friburgo, uma das principais metas do Governo Renato Bravo.