Dia D sucesso contra a febre amarela: mais de 14 mil vacinados em toda a cidade somente neste sábado

Publicado em 18 março de 2017
 
(http://twitter NULL.com/share)

Campanha da Secretaria de Saúde leva milhares de pessoas aos postos, mas não é preciso correria: vacinação continuará todos os dias

 

Vacinação no posto de Lumiar

Vacinação no posto de Lumiar

O Dia D de vacinação contra a febre amarela em Nova Friburgo contou com a participação maciça das equipes de Saúde e voluntários em todas as unidades do município: foram vacinadas neste sábado 14 mil pessoas, marca nunca atingida na história do município. E vale frisar que a vacinação seguirá durante todo o mês nas unidades básicas de saúde espalhadas pela cidade.

Segundo Ana Paula Lessa, coordenadora de imunização, foram liberadas 14.600 doses somente para este primeiro dia de vacinação descentralizada. Apesar das enormes filas registradas nos postos neste sábado, há vacinas suficientes para imunizar toda a população. Na Policlínica Sylvio Henrique Braune, no Suspiro, mais de 2.500 pessoas foram imunizadas, de acordo com Ana Paula Lessa, que acompanhou todo o trabalho.

Em São Pedro da Serra, 800 pessoas foram vacinadas neste sábado. Luiz Hubner, do Comitê de Gestão da Saúde, trabalhou junto às equipes da secretaria e voluntários, e classificou como excelente o resultado do Dia D contra a febre amarela. “Até então, somente a policlínica do Suspiro fazia essa vacina, e com a descentralização para todas as unidades básicas o trabalho ganhou em agilidade e eficiência, além de atender aos usuários em seus bairros e distritos”, frisou Hubner. Vale ressaltar que as pessoas que não conseguiram se imunizar neste sábado receberam senhas prioritárias para se vacinarem durante a semana, uma demonstração de respeito aos usuários.

De acordo com a secretária de Saúde interina, Michelle Silvares, nos 11 postos do município 14 mil pessoas foram vacinadas. Michelle e Suzane Menezes, ambas do Comitê de Gestão da Saúde, atuaram na região de bloqueio, visitando e vacinando famílias inteiras, inclusive nos lugarejos mais remotos da zona de bloqueio, como Serramar, Toca da Onça, Rio Bonito e
Santa Luzia. “Estivemos dentro das casas das pessoas que têm dificuldade de acesso aos postos e imunizamos todas na área de bloqueio”, atestou Suzane, ela mesma uma gabaritada enfermeira, com larga experiência em saúde pública. Ao lado de Michelle Silvares, Suzane botou literalmente a mão na massa e ambas ajudaram as equipes de Lumiar durante boa parte da manhã, preparando as doses e vacinando crianças, jovens e adultos.

 

.

.

“Não há motivo algum para tamanha correria aos postos. No ano passado, por exemplo, foram vacinadas 600 pessoas durante todo o ano. E agora, em 2017, já vacinamos 1.500 de janeiro a março, fora este sábado, com 14 mil pessoas imunizadas. Portanto, não é preciso que a população entre em pânico: todos serão vacinados”, enfatizou a secretária interina, Michelle Silvares.

O próprio prefeito Renato Bravo acompanhou o trabalho das equipes de Saúde durante todo o sábado e se disse satisfeito com a boa repercussão da campanha: “É claro que uma enorme mobilização como esta tem seus pontos negativos também, problemas e imprevistos operacionais, mas o resultado final foi muito positivo, pois a Saúde esteve e continuará estando em todos os lugares, lado a lado com a população”, declarou o chefe do Executivo municipal.

Crianças somente com carteira de vacinação

Com relação às crianças menores de 10 anos, devido à incompatibilidade existente entre vacinas, elas só podem tomar a dose contra a febre amarela mediante apresentação da carteira de vacinação.

Atenção às orientações do Ministério da Saúde:

Crianças menores de 5 anos:
- Se seu filho tem menos de 6 meses: NÃO deve tomar a vacina;
- Se seu filho tem entre 6 e 9 meses: a vacina é indicada apenas em situações de emergência ou em viagens para área de risco. Converse com o pediatra;
- Se seu filho tem 9 meses: dê a 1ª dose. Uma dose de reforço poderá ser administrada até os 4 anos da criança. Após o reforço, ela estará imunizada para a vida toda;
- Se seu filho tem entre 10 meses e 4 anos e nunca tomou a vacina: dê a 1ª dose e, 30 dias depois, leve ao posto de saúde para uma dose de reforço. Pronto, seu filho já estará imunizado para a vida toda.

QUEM NÃO DEVE TOMAR A VACINA:

- Pessoas com 60 anos ou mais (nunca vacinada ou sem o comprovante de vacinação). Só deve se vacinar após avaliação médica;
- Gestantes: a vacinação é contraindicada. Na impossibilidade de adiar a vacinação, como em situações de emergência epidemiológica ou viagem para área de risco de contrair a doença, o médico deverá avaliar o benefício/risco da vacinação;
- Imunodepressivos de qualquer natureza ou com imunodeficiência primária;
- Infectados pelo vírus HIV com imunodepressão grave;
- Em tratamento imunossupressor ou imunomodulador (corticosteróides, quimioterapia, radioterapia, imunomoduladores);
- Com neoplasia maligna;
- Com história pregressa de doenças do timo;
- Que tenham desencadeado doença neurológica de natureza desmielinizante (Síndrome de Guillain-Barré, encefalomielite difusa aguda e esclerose múltipla) no período de seis semanas após a aplicação de dose anterior da vacina de febre amarela;
- Que foram submetidos a transplante de órgãos: pacientes transplantados de células tronco hematopoiéticas (medula óssea) devem ser avaliados caso a caso, considerando o risco epidemiológico;

DOE SANGUE ANTES DE SE VACINAR

Conforme já esclarecido pela Secretaria Municipal de Saúde, todas as pessoas que se vacinarem contra a febre amarela não poderão doar sangue pelos próximos 30 dias. Com isso está sendo montado um esquema especial no Hemocentro de Nova Friburgo, a fim de atender à população e manter os estoques de sangue em dia na unidade. Desta forma, entre os dias 20 e 31 de março, o Banco de Sangue funcionará de segunda a sexta-feira em horário estendido, das 8h às 16h.